segunda-feira, 17 de maio de 2010

AS ANÁLISES


Um amigo que faz colheitas de água para posterior análise em laboratório andava pelo Alentejo e calhou ter que ir a casa de uma velhota recolher uma amostra. A senhora estava cá fora e o meu amigo perguntou:

- É aqui que mora a senhora X?
- É sim, faz favor de dizer.
- Olhe, eu vinha para levar uma amostra de água para análise. A senhora não se importa?
- Claro que não, faça favor de entrar que vamos já tratar disso.

Entram em casa e a velhota começa a arregaçar as mangas. Aponta para os braços e diz:

- Quer tirar do direito ou do esquerdo?
- Han?!
- Então o senhor não vem cá para fazer as análises?
- Oh minha senhora mas é à água, não é ao sangue...

8 comentários:

  1. Isso não serve para post. Se fantasiasses que a velhota arregaçava a cinta e o cuecão para fazer uma análise à urina, isso sim era digno de postar. Assim sendo, abstenho-me de comentar. :|

    ResponderEliminar
  2. Se fosse álcool, ainda se percebia...

    ResponderEliminar
  3. ahahahah e tinha que ser no alentejo ne???? ta boa ahahahh

    ResponderEliminar
  4. RCP, não posso mudar uma história que foi verdade, depois chamam-me mentiroso e é o cabo dos trabalhos!

    Mak, se fosse álcool a história era outra.

    almighy, escusas de fazer panelinha com a RCP, ok?

    Lurdes, sei que foi no Alentejo, mais concretamente ali bem perto de Marvão :)

    ResponderEliminar
  5. Aiiiii, bem perto de Marvão?????? u queres ver que foi aqui ahhahah bem perto de Cedillo?????? Bela terra, boa...zona :-)

    ResponderEliminar
  6. Lurdes, mais abaixo, a chegar a Alcántara :)

    ResponderEliminar
  7. Hummm, deixa cá pensar....Portagem e as suas piscinas altaneiras? ahahah Galegos e tal....

    ResponderEliminar

Falem com o Jibóia, falem...