sábado, 31 de dezembro de 2011

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #25


Nas noites de passagem de ano dava sempre o Caça Fantasmas ou o Regresso ao Futuro na televisão.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

AMEALHAR ANTES DA CRISE


Vou passar o fim de ano em Madrid. Tenho previsto jantar em casa e depois dar uma volta pela cidade. Talvez entre num bar ou outro local animado. Digo talvez porque me lembrei de perguntar por preços e estou estupefacto com as respostas que tenho obtido. Será razoável pedir 50, 60 e até mesmo 100 euros para entrar num local que nos outros fins de semana não cobra mais que 10 ou 15 e com direito a uma bebida pelo menos?

*editado: OK, há bar aberto toda a noite, mas já se sabe como é que isto funciona...

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

YO NO CREO EN BRUJAS PERO QUE LAS HAY, HAY!


Agora que voltei a ser uma pessoa íntegra e séria não queria deixar de partilhar com vocês uma daquelas coincidências mirabolantes.

Uma vez que ontem foi mesmo o dia das mentiras em Espanha, decidi fazer um pequena brincadeira. De manhã escrevi e programei a publicação do post os meus quinze segundos de fama estando eu ainda em Portugal e portanto sem imaginar como seria o resto do dia. Ao final da tarde dirigi-me para o aeroporto para efectivamente apanhar o voo de regresso a Madrid e encontrei um amigo na fila de embarque. Conversa de circunstância, descontração total e entramos no avião. Esse meu amigo nem sonha que eu tenho um blog quanto mais que escrevi o post de ontem, portanto não percebeu por que é que a minha surpresa foi muito para além do habitual quando alguém encontra uma figura pública.

Adivinhem quem estava já sentado na primeira fila daquele avião?

BRINCADEIRINHA


Ontem foi o dia das mentiras em Espanha, portanto não acreditem em tudo quanto leram por aqui. Ahahahahahah!!

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

OS MEUS QUINZE SEGUNDOS DE FAMA


De volta a Madrid vindo das férias natalícias, encontrei o ilustre José Mourinho no aeroporto, também ele de regresso e visivelmente agitado. Reparei que o nervosismo tinha a ver com o facto de um dos seus assessores não estar a conseguir fechar uma reclamação referente à bagagem. Ofereci-me gentilmente para ajudar e o caso ficou a ser tratado com direito a que o señor Mourinho não se preocupasse mais. Como agradecimento, o Zé disse-me que passasse na porta "xis" do estádio a partir da próxima terça-feira e levantasse os dois convites que ele iria deixar para o próximo jogo do Madrid no Bernabéu.

Então obrigadinho, Zé!

SIM, TAMBÉM EU


Esta semana decidi assistir a uma sessão do reality show da TVI. Depois de tanto se falar no assunto e apesar de todas as reacções negativas, nada melhor que falar com conhecimento de causa. No final a minha pergunta foi tão simples quanto breve:

- Isto é mesmo a sério ou são actores a interpretar um guião?

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

DIZEM ELES, OS DOUDOS #10


Nossa Senhora do Rosário do Carmo!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

GORDURA É FORMOSURA


Quando ficamos muito tempo sem ver algumas pessoas, durante um reencontro de rua os comentários da aparência física costumam ser a parte dominante da conversa de circunstância. Já me habituei a ouvir dizer que estou mais magro e que isso se nota na cara mas quando começam a meter o rabo dum gajo ao barulho, o caso muda de figura!

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

AINDA QUE ESTEJA GASTO


Boas Festas e essas coisas todas que as pessoas dizem umas às outras em Dezembro.



quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

EMPREGADAS AMADORAS


No seguimento da máxima do post anterior, já devia ter aprendido há vários anos que as prendas de Natal não se deixam para a última. Resultado, passei a tarde à procura de algo que eu próprio desconhecia!

Como a maioria das prendas eram para as minhas mulheres, não me restou alternativa senão entrar nas fortalezas do consumo feminino. À medida que me aproximava da porta e espreitava para as lojas, ficava com a sensação que mal pusesse um pé lá dentro me ia dar uma solipampa. Por isso mesmo hesitei várias vezes antes de tomar coragem, fechar os olhos e finalmente me atirar de cabeça. Sim que uma das vezes até veio o segurança perguntar-me se estava tudo bem. Depois de circular pela loja da mesma maneira que uma galinha se movimenta quando lhe espalham milho na capoeira (se nunca viram galinhas a serem alimentadas, imaginem uma mulher normal às compras mas substituam-na por um homem), pus-me a jeito a ouvir as conversas alheias sobre as peças expostas e as recomendações das empregadas. Sempre que um parzinho de amigas levantava a cabeça vinha logo uma aprumadinha ter com elas a perguntar se precisavam de ajuda, o que é que procuravam, etc. Como todos sabemos, até mesmo no Natal, mulheres nas lojas é sinónimo de desarrumação e pouco consumo, por isso não percebia como era possível as meninas da loja verem um gajo como eu completamente atordoado pelo Natal, pelas compras, pelas luzes, pelas outras gajas, pelo segurança e por sei mais lá o quê e ninguém vir em meu auxílio. É que foi desprezo total. Zero.

Digo-vos uma coisa, no estado em que eu estava, se uma dessas alminhas sem cu me tivesse dado cinco segundos de atenção, acho que até roupa 3 ou 4 números acima do tamanho necessário me tinham conseguido vender.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

NÃO DEIXES PARA AMANHÃ O QUE PODES FAZER HOJE


Anteontem recebi uma chamada do meu primeiro chefe aqui em Madrid. Além dos desejos mútuos de Boas Festas, acabamos a falar das trivialidades do dia a dia. Perguntei-lhe pelo Tomas, nosso ex-colega da contabilidade, com quem já não falava há algum tempo. Que estava no hospital a recuperar de mais uma operação ao coração, a terceira em 5 anos. Vou-lhe ligar esta semana e aproveito as festividades para fazer um dois em um, pensei.

Hoje de manhã o coração do Tomas cansou-se de vez após 55 anos a pulsar e já não fui a tempo de me despedir.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

RECEBIDO
















Obrigado!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

CAIS DO SODRÉ


Definitivamente, está outra vez na moda. Pude constatar que há por lá um pouco de tudo, que é o que realmente faz os sítios estarem na moda. Toda a gente é admitida e de repente estes locais parecem a meca da tolerância social. Cá por mim tudo bem, desde que a buída chegue para todos.

Mas será que o local ficou assim tão tão na berra que tenha valido a pena, o trabalho e o custo (sobretudo o custo) de terem pintado o asfalto de cor de rosa?

SENSIBILIDADE FEMININA


Na sexta-feira passada durante o jantar de Natal da empresa (num restaurante argentino), tivemos direito a um pequeno espectáculo de tango. Durante a actuação, uma das colegas comentou com a mini brain:

- A rapariga dança mesmo bem. Já reparaste como é sensual?
- Sensual? A mim a gaja parece-me é uma porca!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

FORRETICE OU CRISE SÉRIA?


A título de curiosidade, quem é que vai ter jantar de Natal organizado pela empresa onde trabalha?
E dos que têm, quem é que vai ter que o pagar do próprio bolso?

Eu tenho o meu hoje e só queria perceber se sou o único a sofrer na pele a forretice da minha entidade patronal.

QUANDO A SORTE TOCA AOS AVARENTOS


Por falar em rifas, sabem qual é o cúmulo da participação nestes sorteios?

Tentarem convencer-me a comprar uma rifa numa festa de verão, eu só ter 30 cêntimos comigo quando o preço é de 50 cada uma, alguém pagar por mim os 20 cêntimos restantes e ligarem da comissão de festas uma semana depois a dizerem-me para ir buscar o frigorífico correspondente ao primeiro prémio.

RIFAR A SOLIDARIEDADE


Uma das chefes veio perguntar-nos se queriamos comprar rifas para um sorteio de Natal organizado pela turma do filho dela, sendo que o dinheiro conseguido será empregue na viagem de finalistas.

A maioria dos meus colegas que comprou fizeram-no porque era a chefe a pedir, confidenciaram-me. Eu também comprei uma mas fiz questão de dizer que o fazia porque já tinha passado pelo mesmo e sabia bem a chatice que é andar a pedinchar para que nos comprem rifas.

Acho que depois de vivermos situações como esta nos tornamos mais solidários, além de passarmos a ter muito mais autoridade para falar sobre elas.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

SORRISOS


De todos os povos do mundo, as mulheres do Sri Lanka terão provavelmente o mais bonito.

COISAS QUE JÁ SABEMOS MAS QUE GOSTAMOS DE OUVIR OU LER


Que o nosso café é dos melhores que há.
E isto dito por um jornalista do El País, ainda que estejamos carecas de o saber, cai sempre bem:

Solo conozco dos países en el mundo donde puedes pedir un café espresso, sea donde sea, y tienes un 99% de probabilidades de que esté bueno: en Italia y en Portugal.

Confiram aqui.

MORDAÇAS


É uma pena que às vezes haja coisas que vêm a propósito mas das quais não posso ou não devo falar.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

LOTERÍA DE NAVIDAD


Já adquiridas, várias! Que a sorte esteja comigo, pois é sinal que estará com mais alguns.
Hei-de escrever um post sobre a importância/significado que isto tem na sociedade espanhola.



terça-feira, 13 de dezembro de 2011

RARO MOMENTO DE FUTILIDADE




Não sou nem nunca fui pessoa de idolatrar marcas, no entanto ultimamente tenho vindo a afeiçoar-me cada vez mais aos ténis da New Balance e agora dou por mim, qual puto mimado, a querer comprá-los à dúzia.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

ENVIADO













Mas vocês nem imaginam o que está por trás disto.

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #24


Uma casa bem decorada tinha sempre um quadro do menino da lágrima no hall de entrada.

Nota: os menos abonados penduravam um calendário com a mesma ilustração na parede na cozinha .

domingo, 11 de dezembro de 2011

RECOMENDAÇÕES


Um blog pode servir para muita coisa e desta vez o meu foi-me muito útil para elaborar uma espécie de roteiro gastronómico em Aveiro. Gostei bastante de todos os sítios onde fui por recomendação e também eu recomendaria qualquer um deles. Aveiro é realmente uma cidade simpática e pareceu-me que os seus habitantes têm uma excelente qualidade de vida. Obrigado a todos pelas dicas.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

AVEIRO


E sítios para comer bem e beber melhor, alguém conhece?

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

OS MEUS DIAS SÃO FEITOS DE


Mães que compram a sua própria angústia ao pagarem as viagens das filhas quando estas vão viver para junto dos namorados de verão no outro lado do mundo; filipinas e indonésias que após um ano de árduo trabalho doméstico partem em busca do merecido descanso na sua terra natal; madrileños forrados que querem o melhor do melhor e me acenam com cartões de crédito platinados; cooperantes que partem para a Etiópia ou para o Sudão porque querem dar um pouco de si a outros que tanto necessitam; empresários que farejam riqueza como ninguém e onde querem chegar primeiro que toda a gente; diplomatas que querem chegar ao Iémen, ao Bahrein ou à Arábia Saudita o mais depressa possível, sempre que novos rebentos da primavera árabe vão florescendo; gente que por esta ou aquela razão viaja para os sítios mais incríveis e pelas razões mais diversas.

E é isto que faz os meus dias de trabalho serem uma coisa diferente todos os dias.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

AS NOVAS ESTRADAS PAGAS


A partir da próxima quinta-feira dia 8, quatro auto-estradas nacionais (A22, A23, A34 e A25) passam a ter cobrança de portagem, tal como publicado hoje no Diário da República. Depois de consultar os valores, fazer umas contas simples e ler vários artigos de opinião, fiquei com a pulga atrás da orelha:

Qual terá sido o critério e a justificação para que a tarifa média seja superior à de qualquer AE onde já se cobram portagens?

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

JIBÓIA OLIVER


Queres cozer legumes ao vapor mas não tens as maquinetas indicadas? Faz como eu:

Põe a grelha do microondas dentro de uma panela com água a ferver. Alinha os legumes em cima da grelha e coloca a tampa na panela. Mantem-na fechada até os legumes atingirem o ponto de cozedura desejado.

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

A TRABALHADORA PROFISSIONAL


Ontem ficamos sem email na empresa durante algum tempo. Como é habitual nestes casos tivemos que ligar para o departamento de informática para tentar solucionar o problema.

Mini brain ao telefone com um colega:

- Jibóia, este tipo está a pedir o meu ip mas não sei o que isso é.
- Tens que ver aí no teu computador.
- Não sei ver isso. Será que o meu tp da empresa serve?
- Han? Qual tp??
- O de trabajadora profesional.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

TODOS OS ANIMAIS TÊM DIREITO À VIDA




Mas os bulldogs franceses um bocadinho menos.
Estas criaturas além de horrorosas, nem sequer conseguem cumprimentar um parente avantajado. Sim, que o bairro onde vivo está cheio deles e eu já reparei que para cheirarem os tomates dos cães grandalhões com quem se cruzam, têm que se por em bicos de patas e acabam quase sempre por cair desamparados.
Uma vergonha para a espécie canina, é o que é!

BENFICA: GRANDE TE FIZEMOS, HUMILDE TE QUEREMOS


No sábado passado estive no estádio da Luz a assistir ao derby. Antes porém, durante a habitual confraternização da turma do serra na roulote do costume, conhecemos uns adeptos muito animados vindos do país das tulipas aos quais perguntamos se vinham ver o jogo por causa dos jogadores holandeses do Sporting. Disseram que não. Estranhamos, mas a resposta veio clara e imediata:

Todos os anos fazemos um périplo por várias cidades europeias para ver jogos dos chamados clubes do povo e é essa equipa que apoiamos sempre. Está claro que hoje somos do Benfica!

Nota: Chegados a Lisboa na véspera, dirigiram-se do aeroporto directamente ao estádio e fizeram-se sócios na hora para poderem comprar os bilhetes. Um dia depois ali estavam eles já perfeitamente ambientados a esta temática que é ver o glorioso ao vivo.

Mais palavras para quê?

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

FALTA DE EXPERIÊNCIA


Hoje estive a trabalhar noutro departamento que tem um ambiente mais informal e descontraído.

Pergunta uma colega:

- Jibóia, que fazes aqui hoje?
- Vim ver-te porque já tinha saudades tuas.
- Estás a ver David, por que é que não me dizes estas coisas bonitas?
- Porque o Jibóia sabe como conquistar uma dama e eu não tenho experiência.

PS - O David é gay.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

É O MÁXIMO


É normal acharmos qualquer coisa o máximo quando não conhecemos outra melhor. É um tipo de comportamento a que todos estamos sujeitos e que vamos modificando à medida que a idade nos traz vivências e com elas maturidade. Querem um exemplo?

Exactamente um mês após ter ido inscrever-me no centro de saúde da minha área de residência em Madrid, recebi a tarjeta sanitaria pelo correio. Para que os cidadãos possam obter este cartão e consequementemente beneficiar da assistência médica pública gratuita, têm que fazer prova de residência através de um documento municipal e estarem inscritos na segurança social espanhola. A carta trazia também um autocolante para afixar na parte de trás do cartão com o número de telefone do meu centro de saúde e o nome do médico de família que me foi atribuído. Assim, quando for necessário, temos tudo à mão.

Durante o que me resta de vida ainda posso vir a rir-me disto mas de momento a minha opinião sobre a organização e funcionamento da saúde pública em Madrid é qualquer coisa próxima de "é o máximo", pois sinto verdadeiramente confiança neste sistema e sei que se precisar dele alguém tomará conta de mim.


Será que o pessoal dos blogs também está em greve de escrita hoje?

BOM SENSO ACIMA DE TUDO


Tinha este post estruturado há muito tempo e embora nada tenha a ver com o assunto, resolvi publicá-lo agora porque tomei conhecimento da entrevista da revista Sábado feita aos alunos universitários.

Ultimamente muito se tem falado na ignorância e incompetência que grassam por aí e nas consequências que delas advêm. De repente parece que toda a gente é um exemplo de excelência a seguir e são sempre os outros que são os nabos. Por muito que isso nos custe a todos, é bom não esquecer que não há lugar apenas à raça de inteligência pura na sociedade de hoje, caso contrário teriamos que implementar qualquer coisa parecida com um novo sistema hitleriano.

Mais a mais, um engenheiro ou um informático, por exemplo, não têm obrigatoriamente que saber quem escreveu "As Pupilas do Senhor Reitor" ou qual o pH médio do cu das galinhas para serem competentes. Talvez isso faça delas pessoas mais interessantes do ponto de vista sócio-cultural mas isso é outra conversa.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

BRUCE SPRINGSTEEN


Desta vez não vou falhar por nada deste mundo o meu intérprete a solo preferido!
Só é pena ser no Rock in Rio.




terça-feira, 22 de novembro de 2011

COISAS QUE NÃO INTERESSAM A NINGUÉM EXCEPTO A MIM


Hoje estive com um passaporte iraquiano nas mãos pela primeira vez e quase delirei com o facto.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

O ESTRANHO CASO DE DUARTE LIMA


O que mais me custa perceber nesta história vai muito além dos crimes de que é acusado. O facto deste homem já ter tido uma leucemia à qual conseguiu sobreviver e ter usado uma segunda oportunidade de vida para se dedicar a estas coisas é que me inquieta. A mente humana é mesmo muito complexa.

O FUTURO DO REINO DE ESPANHA


Como previsto, o Partido Popular venceu ontem as eleições legislativas em Espanha com marioria absoluta. Tem caminho aberto para aplicar a seu bel-prazer as medidas sobre as quais não falou abertamente ao povo espanhol mas que julga necessárias para a recuperação da economia. Uma dirigente do partido disse outro dia que essas medidas, uma vez aplicadas, iriam certamente trazer muita contestação social. Nós portugueses já as conhecemos e estamos a começar a sentir os efeitos da sua apliação. Os espanhóis mais distraídos ou menos informados irão descobri-las nos próximos meses. Veremos os resultados.

Seja como for e de que maneira for, o mais importante (ou grave?) é que a maior parte da sociedade ainda não se deu conta de que não são os governos que estão a governar o mundo neste momento mas sim a finança, a alta finança.

domingo, 20 de novembro de 2011

COISAS DE QUE AINDA PODEMOS VIR A GOSTAR DEPOIS DOS TRINTA


Gin tónico, por exemplo.

PS (à atenção dos doudos) - mas escusam de vir com ideias porque não me convencem com qualquer um.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

ALGUÉM DISSE QUE O MUNDO É UMA ERVILHA?


Pois eu digo que é uma bactéria ou qualquer coisa ainda menor:
o tal amigo de quem nada sabia há 9 anos, não só mora em Madrid como trabalha na mesma área que eu!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

PEQUENA PREVISÃO PESSOAL


Depois da demissão do cargo no FMI, cheira-me que António Borges irá brevemente integrar o actual governo de Portugal.

HÁ SABER E SABER


O melhor chefe não é o que sabe mais mas sim o que melhor gere a sabedoria dos outros.
É pena que os chefes da minha empresa saibam tantas coisas mas nenhum saiba isto.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

SIMPLES CURIOSIDADE


Quem é que fez e quem é que ainda está a seguir as resoluções de ano novo que tomou em Janeiro passado?

DISTRAÇÃO? NÃO, É MESMO ELA


Mini brain ao telefone:

- Vou enviar-te o contrato por fax mas não o imprimas porque daqui a pouco mando o original pelo estafeta.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #23


Portugal nunca se apurava para coisa nenhuma.

O MUNDO É MESMO PEQUENO


Um dos meus melhores amigos dos tempos de faculdade voltou a dar sinais de vida 9 anos depois.
Para cúmulo das coincidências também está a morar em Madrid! Vamos jantar esta quinta-feira.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

U.R.P.I.C.A.


União dos Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Almada.

Pensei que estivessem a gozar comigo no fim de semana mas não, existe mesmo! Ahahah!


Sinceramente, alguém sabe o que é a U.R.P.I.C.A.? Não vale pesquisar no google.

domingo, 13 de novembro de 2011

A ESMOLA INTELIGENTE


Vi hoje no aeroporto de Madrid um rapazito a pedir dinheiro. Ao vir ter comigo disse-lhe que nada tinha. Mais tarde, numa segunda tentativa e ao perceber que aplicava uma das técnicas mais inteligentes que vi nos últimos tempos, dei-lhe uma moeda.

Então era assim: o moço dirigia-se aos balcões de check-in para destinos fora da zona euro e perguntava aos passageiros se iriam precisar das moedas. Como alguns estavam precisamente a regressar aos seus países de origem, realmente apenas lhes iriam servir como uma pequena recordação.

Resultado, com este discurso inteligente e convincente, já tinha feito uma boa maquia com os passageiros de Tunis, Edimburgo e Zurique.

CONVERSAS MATINAIS #44


- Acho que perdi a chave de casa.
- E estás a procura dela nos tomates??
- Claro que não, eu sou circuncisado!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

É HOJE QUE ACABA O MUNDO?


Bom dia. Alguém sabe se há algum evento extraordinário previsto para as 11h11m11s de hoje? Tipo acabar o mundo? Se souberem de algo por favor avisem. É só para não se dar a triste situação de eu ir desta para melhor sem ter ouvido a última que a mini brain tem para contar (já vos conto). Obrigado.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

MAIS LUXOS


Gozar o feriado madrileño de ontem em Lisboa e passar o dia a comer castanhas assadas e jesuítas.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

CHAMEM-NO MALUQUINHO, CHAMEM...


Apesar de não ter vivido esse dia, há muito que acho que a revolução do 25 de Abril não foi assim tão eficaz e se calhar era necessário uma nova tentativa. Este é um dos caminhos e uma repetição do método não seria descabido nem tão difícil quanto parece.


Qual a probabilidade de um português de 34 anos residente em Lisboa, ter vindo a Madrid pela primeira vez no fim de semana passado mas já ter estado três vezes no Kuwait? Eu diria que muito remota, mas parece que é verdade.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

À ATENÇÃO DA SOCIEDADE PROTECTORA DOS ANIMAIS


Se os vizinhos marroquinos não deixam o seu novo inquilino (um desses pássaros de gaiola) dormir à noite, provavelmente um dia destes teremos passarinho frito para o lanche. Depois não digam que não avisei.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

DA VERGONHA


Há bocado tive que ir comprar daquelas pilhas fininhas para o comando do ar condicionado. Como o gajo da loja não estava a perceber o tamanho, tive que dizer directamente que queria "pilas delgadas". Às tantas dei por mim a pensar que raio de merda de conversa era aquela...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

DEPOIS DE UMA SEMANA EXTENUANTE


Um campari soda, uma provoleta, buñuelos de espinafres, uma fugazzeta e para acompanhar, um Malbec.
Para rematar, um crepe com dulce de leche. No argentino de sempre, com a companhia de sempre.

Finais de semana assim fazem esquecer qualquer semana, por pior que tenha sido.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

COMO MANCHAR O BOM NOME DE UMA FAMÍLIA EM DOIS ACTOS


Hoje esteve no escritório uma família inglesa. Tratava-se da família Foden:

O pai (Geoffrey), o flho (Matthew) e a mãe (Mitra).

Conclusão: houve o raio de um velho que além de ter posto o nome de Mitra à filha, ainda permitiu que esta se casasse com um Foden! Preferia ter um pé boto a ter que consentir que o meu genro manchasse o bom nome da minha família para todo o sempre.


PS- Juro-vos pela minha saúde, tenho provas oculares.

MINI BRAIN EXPLICA: COMO MANTER A LINHA NO INVERNO


Depois de vários episódios desconcertantes, a mini brain informou-nos hoje que para manter a linha neste inverno tinha acabado de se inscrever no padel. Ou muito me engano ou isto traz aí mais uns episódios dos tais, pois desconfio que ela não faz puto de ideia do que seja padel. Aguardemos novos desenvolvimentos.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

O PRIMEIRO DIA DO RESTO DAS NOSSAS VIDAS


Todos nós já tivemos dias destes, que marcam o ponto de viragem em algo da nossa vida.
Tenho a sensação que o de ontem foi um deles.

QUE GERAÇÃO É ESTA?


A maioria dos nossos pais pertence à geração que libertou Portugal de uma ditadura. Essa mesma geração que muito se sacrificou para conseguir ser alguém na vida e dar um futuro aos filhos. São também alguns desses pais quem continua a sacrificar-se para governar uma parte da minha geração, garantindo-lhe um tecto e comida.
Mas também foi parte dessa geração que rebentou com o país.

Afinal que geração é esta?

terça-feira, 1 de novembro de 2011

SINAIS DA CRISE?


Todos os anos costumo encontrar uma nota perdida nos bolsos dos meus casacos de inverno mas desta vez nem uma para a amostra. Já vasculhei em todos, até nos que ainda não vesti, e nada, nem uma das cinzentas sequer!

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

LUXOS


Poder almoçar sardinhas assadas com salada de pimentos ao ar livre num dia de final de Outubro e lanchar broas dos Santos caseiras acabadas de sair do forno ali ao lado.

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

HAKUNA MATATA


Assim de repente não me ocorre melhor coisa que desejar a alguém que vai viver para o Quénia.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A DESFORRA


Tantos festivais, tantos concertos bons a que não pude ir este verão... chegou finalmente a minha vez!
E como sou um gajo porreiro, deixo aqui o link onde podem ver o concerto em directo a partir das 9 da noite.




terça-feira, 25 de outubro de 2011

MAIS UM CHICO ESPERTO?


Será que o presidente da Confederação da Indústria Portuguesa acha que somos todos totós?
Tirem as vossas conclusões.


O presidente da Confederação da Indústria Portuguesa (CIP) defende que os subsídios de férias e de Natal devem acabar e ser integrados nos salários. Uma medida, diz António Saraiva, que pode trazer muitas vantagens para a economia e deve ser aplicada “a curto prazo” no sector privado e público.

- A que vantagens se refere concretamente, sr. António?


“Vejo com bons olhos a aplicação dessa medida a nível geral. É uma das soluções que se deveria levar a cabo”, diz ao i o presidente da CIP, convicto de que esta alteração teria um efeito positivo na economia, já que “haveria mais dinheiro disponível todos os meses” e seria benéfica para os trabalhadores, que ficariam com “mais dinheiro para fazer face ao aumento do custo de vida”.

- Quer dizer que saber gerir um orçamento mensal e receber os subsídios isoladamente não serve para fazer face aos custos de vida de cada um? É que abaixo o senhor diz que "seria passar um atestado de menoridade aos portugueses colocar em causa a sua capacidade para gerir o dinheiro"...


As empresas, acrescenta António Saraiva, conseguiriam “gerir a tesouraria mais correctamente” e “não teriam esse esforço adicional” dois meses por ano. “Lamentavelmente vivemos um período em que muitas empresas são forçadas a pagar o 13.o e 14.o mês com atraso. Assim haveria a garantia de que todos os meses seria pago aquele montante”, acrescenta.

- Ah sim, claro. Com a eliminação destes subsídios (desculpe, integração no salário mensal como diz, não é?) as empresas ficavam imediatamente com o problema resolvido...


Na prática, a CIP propõe que os portugueses passem a receber 12 meses em vez de 14 e, em contrapartida, vejam o seu salário mensal subir. Um salário de mil euros passaria a ser de quase 1200, mas quem quisesse gastar mais com as férias ou as prendas de Natal teria de poupar ao longo do ano. “Seria passar um atestado de menoridade aos portugueses colocar em causa a sua capacidade para gerir o dinheiro”, afirma o presidente da CIP, em resposta aos críticos desta medida.

- E que tal serem as empresas a poupar ao longo do ano para poderem pagar os subsídios a tempo e horas?


O pagamento dos 14 meses por ano está longe de ser uma prática na Europa e, por exemplo, nos países nórdicos não existe o subsídio de Natal.

- Pois não. Os cidadãos nórdicos são uns pobres desgraçados, mal têm para comer. Aliás, estamos a assistir a uma nova corrente de imigração. Já reparou na quantidade de escandinavos que entra diariamente em Portugal à procura de um futuro melhor?

UM + UM = TRÊS


Entre marido e mulher não se mete a colher, mas se muitos casais usassem esta tabuada eram muito mais felizes.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O MUNDO SERÁ SEMPRE O MELHOR LOCAL PARA SE VIVER


There were 3 Jobs that made the world a better place to live in.
Steve has gone.
Thankfully, Hand and Blow are still here and keep making the world a pretty good place.

SE CONDUZIRES NÃO OUÇAS #6




DIZEM ELES, OS DOUDOS #9


(ou das mais belas declarações de amor já proferidas):

- Márcia, dá-me uma foto tua para eu pôr no tablier do meu carro. Assim, quando for a conduzir olho para ti, digo-te adeus e mando-te beijinhos.

domingo, 23 de outubro de 2011

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #22


A dupla Bud Spencer/Terence Hill fazia sucessos de bilheteira assinaláveis e eram os ídolos de muito boa gente.




sexta-feira, 21 de outubro de 2011

ISTO FARIA AS DELÍCIAS DE MUITAS BLOGGERS


Já imaginaram várias estreias em simultâneo num cinema com entrada grátis?



SEI QUE O NATAL SE APROXIMA QUANDO...


Isto volta a estar à venda em todos os supermercados.
Se bem que cá em casa nunca esgote durante o resto do ano.













Turrón de almendras

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

TUDO TEM UM FIM


Mas neste caso ainda estou céptico que o fim tenha mesmo chegado.

MUDANÇA DA HORA


Gosto muito mais do horário de verão do que do de inverno mas a ponta final da hora estival faz com que neste momento saia para o trabalho às 8h em ponto e ainda seja totalmente escuro. Menos mal que amanhece passado pouco tempo. No fim do mês a hora vai atrasar e este problema resolve-se. Mas começa outro: brevemente estarei a sair do trabalho já totalmente de noite e esses sim são fins de tarde deprimentes.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

ABASTECIDO PARA O INVERNO


A viagem da turma do serra correu da forma habitual: muito bem. Desta vez até tivemos o bónus da vitória do glorioso, portanto melhor seria difícil. Até me pude abastecer de Läckerli, já a pensar nos dias mais chatos de inverno em que só apetece estar em casa a beber chá e a comer disto.




COMO ESCAPAR ÀS MULTAS NA SUÍÇA


Conversa com um português emigrante na Suíça (que pensava que nós éramos jornalistas):

- Olha lá, então e qual é a velocidade máxima permitida aqui nas auto-estradas?
- É assim, tu compras este selo por 40 francos e não há portagens, podes ir para onde quiseres sem pagares mais nada.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

PASSEIO DE OUTONO


Vou ali a Basileia com a turma do serra beber umas minis suíças e ver o Benfica.

Ora então até amanhã, já de volta a Madrid.

VITOR, O PINÓQUIO


Sou só eu a achar que as olheiras até ao queixo e o discurso robotizado do ministro Vítor Gaspar denunciam que nem ele próprio acredita no que diz?

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

GANDA PENTEADO, VÓ!


O que é que a minha avó e o Witsel têm em comum? O penteado.
Não vos posso mostrar a prova mas acreditem em mim porque eu mostrei-lhe a foto dele no jornal e ela concordou.




















Axel Witsel

PARA QUE SERVE UM CARRO?


A propósito do post anterior, numa recente viagem que fiz entre Madrid e a terra dos doudos, tive muito tempo e muitas coisas em que pensar durante as 5 horas de caminho.

Às tantas dei-me conta que ali ia eu no meu bolinhas de sempre, hoje com 18 anos. Nunca tive outro. E se em tempos estive decidido a (des)investir num carro, hoje dou graças por não o ter feito (quantas viagens teriam sido adiadas). Longe vão os tempos em que sabia de cor as potências de todos as marcas e as datas de lançamento dos novos modelos. Se nessa altura sonhava com o dia em que podia finalmente comprar o meu carro, hoje isso nada me diz. Um automóvel passou a ter como utilidade única e fundamental levar-me do ponto A ao ponto B em segurança e de preferência economizando. Se não me economizar tempo ou dinheiro então o carro não serve para nada.

Claro que com outro desafogo financeiro poderia comprar um mais recente, o que será inevitável dentro de algum tempo. Mas por necessidade, não por capricho.

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #21


O sonho de qualquer puto recém encartado era ter um "GT TDI".

sábado, 15 de outubro de 2011

PORQUE A NOSSA É SEMPRE A MELHOR DE TODAS


Um beijinho de parabéns para a minha mãe, a melhor do mundo, claro está.







sexta-feira, 14 de outubro de 2011

NÃO VEJO MAS SEI TUDO O QUE SE PASSA


Dizem por aí que o reality show "A casa dos segredos" é uma coisa hedionda, que quem vê pode apanhar escorbuto ou ficar como o feijão afectado pelo gorgulho, mas o que é certo é que a maioria comenta o programa e faz posts sobre o assunto. Como é que vamos de coerência, minha gente?

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

SE CRISTÓVÃO COLOMBO FOSSE CASADO A TERRA AINDA HOJE SERIA PLANA


Cristóvão Colombo apenas pôde descobrir a América porque era solteiro.
De outra forma teria ouvido da mulher:

- E por que tens que ir tu?
- Por que é que não mandam outro?
- És mesmo idiota, vês tudo redondo!
- Mal conheces a minha família e vais descobrir o novo mundo??
- Nem sequer sabes o caminho!
- Afinal o que me andas a esconder?
- E só vão viajar homens?
- Mas quem é que acredita nisso?!
- Por que não posso ir também se és tu o chefe?
- Nunca me levas a passear a lado nenhum!
- És um desgraçado! Já não sabes mais o que inventar para estares fora de casa!
- Se sais a essa porta para fora vou viver para casa da minha mãe!
- És um cabrão! Tinhas tudo planeado! Maldito!
- A Rainha vai vender as jóias para que possas fazer a viagem??
- Quem queres enganar? Pensas que sou parva ou quê??
- Diz lá, o que é que tens com essa velha??
- Se o mundo continuar plano ninguém morre por isso!
- Não te estejas a vestir para sair que não vais a lado nenhum!


Já naquele tempo as coisas eram assim.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

APPLE: A LENDA CONTINUA




CHICO, NÃO SEJAS ESPERTO


Adoro quando os chicos espertos após receberem um não da minha parte como resposta a um pedido vão fazer queixinhas aos meus chefes. Estes, como não têm uma varinha mágica, normalmente confirmam o meu não.
Os primeiros ficam tão fodidos...

A GATA, O METALEIRO E A VELHA


A semana passada ouvi uma conversa no autocarro entre um metaleiro e uma velha daquelas que nos dá com a bengala no focinho para lhe cedermos o lugar. O metaleiro levava ao colo uma gata que tinha acabado de recolher no veterinário após uma pequena cirurgia. A velha fazia-lhe perguntas sobre o animal.

Moral da história, a gata chamava-se Maribel. E a velha também.

terça-feira, 11 de outubro de 2011

TAL COMO HÁ DOIS ANOS


Aposto que é a Bósnia-Herzegovina que nos vai sair na rifa.

COMO CUIDAR DE TODOS CUIDANDO DOS MAIS VELHOS?


Para poupar tempo a quem não lhe apetece estimular o cérebro, aviso já que o post é sobre uma prática em Espanha direccionada ao bem estar da terceira idade que me parece excelente a todos os níveis.

O IMSERSO, um organismo pertencente à Segurança Social de Espanha e que gere as prestações suplementares à terceira idade, permite aos pensionistas viajar a preços módicos, entre outras coisas. É verdade, em Espanha, para além de se aproveitarem os fundos para tudo e mais alguma coisa, ainda se leva gente a viajar com o dinheiro da S.S. Uma loucura, pensará muita gente.

O espírito da coisa é o seguinte. Os lares e casas de repouso do Estado em Espanha dão uma cobertura aos gastos dos utentes na proporção da situação financeira de cada um, medicamentos incluídos. Sabendo que o gasto em fármacos é por vezes exagerado e fruto da hipocondria de muito boa gente, a criação desta benesse para os utentes é na verdade um truque para o Estado poupar dinheiro por um lado e ganhar por outro. Senão vejamos. Quando os hipocondriacos pensam que estão para morrer e a precisar de enfardar comprimidos, se lhes falarem em viajar grátis vão ver como o efeito placebo os fará parar logo com a "brincadeira". Primeira poupança do Estado. Sabendo que há muitos hotéis nas costas que fecham de Outubro a Março por falta de hóspedes, o Estado subvenciona a abertura destes hotéis nesse período morto. O que é que ganha com isso? Muitas coisas ao mesmo tempo: um preço mais baixo para poder alojar os turistas seniores, deixa de pagar subsídios de desemprego aos funcionários sazonais do hotel que passam a poder trabalhar todo o ano, a possibilidade de arrecadar mais IVA com os gastos acrescidos que os outrora desempregados e os turistas seniores façam. Entretanto, por terem garantia de hóspedes, os hóteis podem continuar a promocionar-se no inverno e com a vinda de outros turistas, por poucos que sejam, geram receitas ao próprio hotel, à economia local e portanto ao próprio Estado. Resultados:

Hoteleiros: contentes
Funcionários: contentes
Estado: contente
Turistas seniores: contentes e a pensar já na próxima viagem

Esta prática tem tanto sucesso que já vários países vieram copiar a ideia.

AINDA DOU DO TEMPO EM QUE #20


Os gestores de conta dos bancos serviam e faziam alguma coisa útil.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

IDEIAS E VONTADES


Pela primeira vez e sem contar com as idas de férias, fiquei uma semana sem escrever no blog.
Às vezes é bom parar para pensar se o que estamos a fazer está a ser bem feito. Não sei qual a vossa opinião mas tenho a sensação de que já gostei mais disto, que já escrevi sobre coisas mais interessantes e que a participação era maior, mesmo quando havia menos visitantes. Hoje apeteceu-me voltar a escrever e aproveito para lançar um pequeno desafio: o que é que gostavam de ler aqui? As melhores ideias serão atendidas. O lápis azul e a minha paciência tratarão do resto.

terça-feira, 4 de outubro de 2011

DEFEITO PROFISSIONAL - 2


Ficar mais apreensivo em cada nova viagem de avião.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

DEFEITO PROFISSIONAL - 1


Olhar para uma matrícula de carro espanhola e verificar se as letras (são três) correspondem a algum código de cidade com aeroporto.

VIENES DE MADRID, VERDAD?


Sendo eu um estrangeiro aqui, falo espanhol fluentemente enquanto imigrante mas tenho algumas limitações, naturalmente. No entanto, não deixa de ser curioso as pessoas de outras regiões de Espanha detectarem que eu "venho" de Madrid apenas pela minha pronúncia, tal como aconteceu este fim de semana na Andaluzia.

domingo, 2 de outubro de 2011

CONVERSAS MATINAIS #43


- Estou aqui que nem posso.
- Pudera! Se a cevada fosse trigo, hoje tinhas apanhado uma bebedeira de pão!

sábado, 1 de outubro de 2011

O MUNDO ESTÁ PERDIDO




quinta-feira, 29 de setembro de 2011

PREVISÕES FUTEBOLÍSTICAS DA NOVA ÉPOCA


Há já algum tempo que queria fazer uma análise desportiva da nova época de futebol mas decidi esperar pelo fecho do mercado de transferências e só agora me dispus a isso.

O ano passado disse aqui o que achava do plantel do Benfica e infelizmente tive razão. Se para os lugares do Ramires e Di Maria só houve substitutos à altura em Janeiro (quando se começaram a afirmar Gaitán e Salvio), nem vale a pena falar no substituto do Quim que até já voltou para Espanha.

Este ano as coisas estão um pouco diferentes. De todos os sectores, o que mais me preocupa é a defesa, pois não temos (ainda) substituto à altura para o Fábio Coentrão nem para o David Luiz. De resto o plantel está mais forte e tem mais e melhores soluções. O Benfica tem tudo para fazer uma boa época e prevejo que o campeonato seja discutido taco a taco até bem perto do final com o Porto, que está claramente mais fraco mas continua em bom nível. Atenção ao puto James Rodríguez. O Sporting mudou muita coisa e apesar de apresentar francas melhorias considero que ainda não tem capacidade para discutir o campeonato até final, tal como o Braga.

Resumindo, a minha previsão é que o campeão seja o Benfica ou o Porto (com diferença máxima de 7 pontos entre os dois) e os "sportingues" a discutirem o terceiro e quarto lugar entre si com alguma ascendência para os verdes e brancos. Como nota final arrisco-me a dizer que do primeiro ao quarto lugar não haverá mais de 13 pontos de diferença.

No próximo mês de Maio cá estaremos para recordar estas previsões.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

NÃO SABES TRATAR DA ROUPA? VÊ NA ETIQUETA!




MIJAR COLÓNIA*


O meu chefe usou hoje de manhã a expressão "mijar colónia". Apesar de nunca a ter ouvido antes, pelo contexto percebi o que significa e porque razão estava a ser aplicada naquele momento. Já a minha colega do lado, depois do chefe ter ido embora, perguntou:

- Jibóia, ouviste o que disse o chefe, "mijar colónia"?! O que é que ele quis dizer com isso?
- Segundo entendi referia-se a alguém tão chique que em vez de urina o seu corpo liberta colónia.
- Ah! Pensei que ele quisesse dizer que doía alguma coisa a alguém.
- O quê?? Que doía como?
- Então, já pensaste o que é mijar colónia? Deve doer para caraças!

*Apesar de haver distinção entre os dois, colónia é o termo mais usual para designar perfume em espanhol.

O SEXO E A CIDÁLIA


Nunca percebi a tendência dos editores para fazerem reformas absolutamente desnecessárias nas revistas. Muitas têm como consequência final matar literalmente a publicação. Foi o que aconteceu com a Notícias Sábado do DN. De uma excelente revista durante os primeiros dois anos de existência, passou a ser mais uma, medíocre, depois de renovações sucessivas (cada qual mais inútil que a anterior) até à morte final. Felizmente as crónicas do Ferreira Fernandes ainda podem ser lidas na contra capa do DN. Mas, e o Sexo e a Cidália?

Se alguém sabe do paradeiro literário da Cidália Dias é favor avisar, ok?

terça-feira, 27 de setembro de 2011

DOAR SANGUE


Há coisas com as quais contamos sempre sem nunca nos apercebermos que é nosso dever fazer por elas. A doação de sangue é um exemplo. Talvez por isso, o departamento de saúde do governo da Comunidade de Madrid tem um protocolo com o Metro. Consiste em passar diariamente a informação sobre as reservas dos diferentes tipos de sangue nos hospitais da capital através dos ecrãs dispostos pelas diversas estações. Acho isto uma excelente ideia!




RESPONSABILIDADE SOCIAL?


Que dizer sobre a tão proclamada responsabilidade social das empresas? Nem todas encaram o tema da mesma maneira e até há as que não o encaram sequer, talvez porque têm uma cara pequenina e a vergonha é de igual tamanho, portanto tanto se lhes dá. Falemos das que apregoam aos sete ventos serem realmente responsáveis. Algumas delas com o dinheiro dos outros, acrescento eu. Já se aperceberam disto? Já pensaram que quando estão a comprar um produto em que suposta parte da compra reverte para benefício de uma instituição, quem fica bem na fotografia é essa empresa? É muito bonito fazer campanhas incitando a que sejam os consumidores a pagá-las e no final ficar com a imagem compostinha. Não raras vezes essas empresas têm lucros apetecíveis e no entanto a campanha é baseada no apelo à contribuição sendo que os louros vão todos directamente para os promotores. Já nem falo no acesso aos incentivos fiscais a que esta "caridade" dá direito. No final o que resta para nós? A consciência tranquila por termos participado e ajudado alguém, o que não é de desprezar nos dias que correm.

Mas é caso para dizer que com o dinheiro dos outros também eu sou um grande benfeitor socialmente responsável!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

SOPHIA, A VENCEDORA


E assim se criou mais uma etiqueta aqui no blog: Mini brain.
A sophia deu a ideia e vocês deram-lhe a vitória. Obrigado pela participação.

Johnny, a tua sugestão também era boa mas já se sabe que elas vencem sempre, nós é que gostamos de nos enganar e pensar o contrário. Eheheh

BOAS NOTÍCIAS PARA A MINHA PEQUENA COSTELA CONSUMISTA




OS BODOTECOS OU O RESPEITO PELA TRADIÇÃO DOS CASAMENTOS


O que é um bodoteco? Após uma análise morfológica não muito cuidada da palavra, podemos concluir que o autor do vocábulo (eu próprio) se refere a um local de celebração de bodas (casamentos) que podemos incluir na categoria boteco. Não me venham agora dizer que não sabem o que é um boteco.

Há apenas dois requisitos para um local poder ser incluido nesta categoria: servir minis e dispor de um barquinho de camarão no copo d'água buffet (ver foto exemplificativa aqui).

Com a proliferação das quintas gourmet e outras mariquices tais, estes estabelecimentos estão seriamente ameaçados e em risco de desaparecer. Proponho a criação de uma página de apoio no Facebook para a salvação de uma tradição tão portuguesa e da realização do meu próprio casamento. É que se já não existir um destes locais na altura, temo que fique para tio. E vocês não querem isso, pois não?

domingo, 25 de setembro de 2011


As mulheres que se preocupam demasiado com o comportamento dos homens não têm confiança nelas próprias.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

SERÃO IRMÃOS?


O jogador de futebol Hulk, disse outro dia que o Pinto da Costa é como um pai para ele.

Sabendo que o emplastro também reconhece o presidente do FC Porto como pai, será caso para concluir que estes dois são irmãos?

DIZEM ELES, OS DOUDOS #8


Isto é como o carro funerário, todos temos que lá ir.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

EXCESSO DE VELOCIDADE OU DE COPOS?


Três bêbedos que vagueavam pelas ruas apanharam num táxi. Ao ver o estado em que se encontravam, o taxista pôs o carro a trabalhar e passado uns momentos desligou-o, dizendo-lhes:

- Chegamos.

O primeiro bêbedo pagou a corrida, o segundo disse obrigado e o terceiro pregou um estalo ao taxista que ficou muito admirado, pois tinha pensado que nenhum dos três se tinha apercebido que não tinham andado um milímetro sequer. E por isso perguntou:

- Para que foi isso??
- Vê se vais mais devagar da próxima vez! Chegamos tão depressa que quase nos ias matando!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

SE CONDUZIRES NÃO OUÇAS #5






R.E.M. 1980-2011. Obrigado, Michael Stipe e companhia.

A NOVA MECA DA MODA EM PORTUGAL?


Ao ler esta notícia, digam lá que não era de sonho uma primeira página do Correio da Manhã com as fashion bloggers em amena cavaqueira em Ponte de Lima após uma ida às compras enquanto bebiam uma taça de verde tinto e seguravam uma mala destas?

ORA AQUI ESTÁ UMA COISA INTERESSANTE


Não sou de fazer publicidade mas pela originalidade do local resolvi divulgar.
(Que entretanto já experimentei e mesmo sem ser espectacular merece a visita pela originalidade)

DUELO DE TITÃS


Ora bem, terminada a votação, ficamos a saber que a esmagadora maioria quer uma etiqueta para os espisódios com a minha colega amalucada. No entanto, até ontem ao serão apenas havia a proposta do Johnny. Onde é que está a vossa criatividade? Melhor, onde é que anda o vosso sentido cívico? Se vocês boicotam o Jibóia Cega como quem se abstem nas eleições, sou gajo para aumentar os impostos aqui do tasco! Vá lá que à noitinha a sophia avançou com outra proposta.

sophia - Mini brain
Johnny - La Cucaratxa

Tendes a palavra, minha gente. Ou preferem que decida eu?

PS- Quem não sabe quem é a criatura, eu aviso quando etiquetar os posts em que ela intervem.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

O TEU OUTLOOK É MELHOR QUE O MEU?


Conversa de final de tarde entre mim e a colega mais representada neste blog. Digo-lhe:

- Não te esqueças que amanhã tens que ir ao banco.
- Pois é, ainda me vou esquecer outra vez! Podias por um alarme no teu outlook e lembravas-me.
- E por que não pões antes um no teu?
- No meu? Mas também dá??

BEBE UMA MINI QUE TE FAZ MELHOR, RAPAZ


Às vezes quando saio à noite, tento perceber se é a responsabilidade que tenho no meu trabalho que não se coaduna com a minha postura fora do escritório ou se é a minha postura fora do escritório que não me deveria permitir ter um trabalho com esta responsabilidade. Depois bebo mais uma mini e não penso mais no assunto.

A COMIDA DE NOME ESTRANHO


Diz o colega da contabilidade ontem logo de manhã:

- Jibóia! Jibóia! Tenho uma coisa para te dizer há já uma semana!
- Então o que é?
- Abriu uma casa de comida portuguesa perto da tua casa!
- A sério? Onde?
- Ali no cruzamento da rua... blá, blá, blá...
- Há uns tempos que não passo por aí, não sabia.
- Mas é só comida para fora, acho que se chama Freus...
- Freus??
- Sim. Ou Frans, não me lembro bem.
- Tens a certeza que é portuguesa?
- Pelo menos tem um símbolo grande cá fora que é um galo.
- Se calhar é uma churrasqueira de frangos!
- Então deve ser isso, é que tu falas melhor português que eu.


Já a estreei ontem. O mais engraçado é que a dona Vitória (a responsável) vive no meu bairro!















Clicar na imagem para ver pormenores

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #19


Os detergentes para a roupa continham seres verdes que comiam as nódoas.


COISAS AQUI DO CANTINHO DA EUROPA


Ainda há gente a entrar no ensino superior com nota negativa??
Isto realmente diz muito sobre nós e o estado do nosso país.

domingo, 18 de setembro de 2011

PRAZERES DE UM DOMINGO SOALHEIRO EM LISBOA










Esplanada do Torel, Jardim do Torel

O MELHOR DA FESTA


Abençoado quem inventou os barquinhos com camarão no copo d'água dos casamentos.


quinta-feira, 15 de setembro de 2011

A ESTRELA DO ESCRITÓRIO*


Então e quem é que apoia a criação de um título para estes episódios?
Atenção que isto é tudo verdade verdadinha, se depois houver períodos longos sem novidades não me venham com queixinhas porque eu não invento nada. A cabeça dela é que manda, combinado?

Votar ali no lado direito e deixar a sugestão para o título nos comentários deste post, fachavor.

*achei que este título lhe assenta melhor.

AS AVENTURAS DA COLEGA DO ESCRITÓRIO - A ORIGEM


Quem segue o blog sabe que tenho uma colega muito sui generis. Cá vai mais uma história.
Quando nos mudamos para o novo escritório, todos os dias a loiça da cozinha era arrumada num armário diferente. Algo absolutamente normal quando há mudanças. No entanto, isto punha muito nervosa a tal colega que vocês já conhecem. Fazendo uso da sua proactividade, decidiu identificar os armários com autocolantes. A opinião geral foi desfavorável porque ficaria feio. Além disso, se os utensílios não fossem mudados de sítio todos os dias, todos nós acabarimos por nos habituar. Em casa toda a gente sabe onde guarda os copos e os pratos sem necessiade de recorrer a autocolantes, certo?

Só que ela foi avante com a sua e resolveu o problema da aparência: colou os autocolantes dentro dos armários.




Clicar na imagem para ampliar

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

TAMPAS? CARICAS? NEM PENSAR!


As tampinhas e as caricas de qualquer género, feitio ou cor, são coisas para água, cerveja ou refrigerantes, não servem para garrafas de vinho. Pelo menos a mim não me apanham nessa. Até que eu possa, a rolha de cortiça mandará nas minhas escolhas.

O FIM DO MR. BEAN


A série que marcou a década de 90 e chegou a 200 países acaba de vez. Mr. Bean falou: o actor Rowan Atkinson, aos 56 anos, acha-se demasiado velho para a personagem de um adulto acriançado.


Tenho uma certa pena porque passei a minha adolescência a rir-me com as parvoíces dele. Por outro lado posso sempre continuar a apreciar as cenas do Mr. Bean meu vizinho em Lisboa, um solteiro que vive com a namorada e a trata tal qual o Mr. Bean original trata a dele. Não raras vezes, este personagem é bem capaz de estar já dentro do elevador para descer até à garagem e esperar por mim assim que me ouve fechar a porta de casa (chega a sair do elevador, estende o braço para me dar passagem e entra novamente). O guarda-lamas do carro dele é coisa para ter que ser arranjada mensalmente, tal o estado em que fica ao roçar diariamente no poste da garagem. Pagava para ver uma gravação de uma chegada dele a casa já bem alegre. A julgar pela aparência da porta de entrada do apartamento, suponho que acertar à primeira com a chave na fechadura seja uma verdadeira missão impossível.

Aliás, simplifiquemos, o simples facto de me cruzar com ele tem o seu quê de cómico. Portanto, há uma alternativa.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

PARECE QUE FOI ONTEM


Finalmente fui levantar o diploma do meu curso superior terminado há mais de 8 anos. Havia bastantes alunos a matricularem-se para o novo ano lectivo que agora começa, naturalmente gente mais nova que eu pelo menos 10 anos. Não vou começar com a habitual conversa que me senti velho, blá blá blá. No entanto foi mais uma oportunidade para constatar que o tempo passa a correr. Lembro-me perfeitamente do primeiro dia, de estar a entrar para algumas aulas, das tardes de estudo e trabalhos feitos no bar, das viagens ao norte e ao sul e tudo isto me parece ter sido "ontem".

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #18


As pessoas iam de carro a Madrid ou a Sevilla de propósito fazer compras ao Ikea.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

PROVAR PARA CRER


Eu que sou um gajo que gosta de ver para crer, esta tarde decidi ir provar para crer na justiça da eleição dos pastéis de Belém como maravilha da gastronomia de Portugal. É que mesmo após tantas provas é muito fácil uma pessoa esquecer-se.
















Veredicto: só após algumas unidades pude tomar uma decisão. E confirmo, é justo.

QUANDO UMA PESSOA SE HABITUA


Não que esteja a pensar fazê-lo mas se porventura mudar de casa em Madrid, já estou a pôr antecipadamente condições que nada têm de especial mas das quais nem toda a gente pode usufruir: ter uma estação de metro e lojas de bairro à porta de casa.

Depois pus-me a pensar se fosse em Lisboa e as condições não seriam muito diferentes, uma estação de metro e um pingo doce fariam de mim um gajo contente.

sábado, 10 de setembro de 2011

NÃO HÁ BICHO QUE ALI ENTRE


Conversa de circunstância com o padre da terra dos doudos:

- Então senhor padre, está tudo bem consigo? Essa saúde?
- Está tudo em ordem, não há bicho que entre neste corpo. Às vezes eles bem tentam mas chocam aqui contra esta barriga e não têm hipótese.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

ELES É QUE SABEM


Depois de na quarta-feira à noite ter andado pelas ruas de Madrid com o objectivo de penetrar nalguma festa das lojas participantes na Fashion's night out, ontem fiquei tentado a repetir a dose no evento de Lisboa. Afinal trocaram-me as voltas e levaram-me para aqui. Só fiquei a ganhar.


quinta-feira, 8 de setembro de 2011

OLHA A BLOGGER QUE ESTÁ DE VOLTA!


Peço desculpa mas foi falso alarme. É apenas um estudo de mercado encomendado por ninguém e que naturalmente não irá levar a conclusão alguma, excepto à reconfirmação de que eu sou um gajo parvo.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

NOVAS PRÁTICAS BANCÁRIAS?


A minha transferência mensal para pagar a renda de casa foi devolvida devido ao cancelamento da conta por parte do destinatário. Perguntei ao meu senhorio se efectivamente a tinha cancelado. Diz que sim mas que não me avisou porque pensava que a transferência era reencaminhada para a nova conta.

Este gajo é parvo ou sou eu que não estou a par das novas práticas bancárias?

terça-feira, 6 de setembro de 2011

DIZEM ELES, OS DOUDOS #7


Tens um nariz que dá para fumar SG Gigante à chuva sem o cigarro se apagar!

SE PÁRAS, PAGAS!


A propósito de estacionar dentro da lei em Madrid (leia-se pagar o parquímetro), reparem bem nesta troca de palavras que tive com um agente outro dia. Um agente que não era da autoridade mas que nem por isso tinha falta de autoridade para quem se deixasse ir na conversa.

Ao início da noite fui buscar a viatura estacionada ali para os lados do bairro de Princípe Pio e avistei uma sujeita entre os carros. À medida que me ia aproximando dela fiquei na dúvida se era uma gaja mamalhuda ou um cabeludo com grandes peitorais e comecei a ficar um bocadinho preocupado com o trato que lhe havia de dispensar caso tivesse que interagir com ele (ou seria uma ela?). É claro que mal tive tempo de pensar e muito menos de preparar qualquer tipo de discurso porque ela (ou seria um ele?) disparou de imediato assim que me viu:

- Hola cariño! Tienes coche?
- Tengo pero vengo solo para llevarlo.
- Oooooh... qué pena!

Meti-me no carro, fiz a manobra e arranquei de luzes apagadas enquanto pensava: "um gajo não tem mesmo hipótese no estacionamento em Madrid, mal páras o carro e já te estão a querer cobrar!"

NOVA ALA DO MUSEU DO PRADO


Se quisesse expôr a quantidade de multas de estacionamento que já apanhei em Madrid, tinha que mandar abrir uma nova ala no Museu do Prado. Depois podia promocionar a exposição apelidando-a the art of parking. Fica sempre bem como título.

Isto não é motivo de orgulho mas sim de sobrevivência, é que estacionar dentro da lei em Madrid é uma aventura.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011


Das duas uma, ou ninguém percebeu a piada anterior ou aquilo não tinha mesmo como graça nenhuma.

domingo, 4 de setembro de 2011

AINDA HÁ SUPER HERÓIS


Estava um homem de tal maneira amarrado a um sobreiro que não conseguia soltar-se. Entretanto passa por ali outro homem a cavalo vestindo de negro da cabeça aos pés, com uma capa negra, um chapéu negro, bigode negro fininho e empunhando uma espada. Ao ver o homem amarrado na árvore, desmontou, aproximou-se e cortou as cordas com um golpe de espada descrevendo um Z. Diz-lhe o outro:

- Obrigado, zuper homem!

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O QUE EU QUIS DIZER FOI ISSO MESMO #5


Que ainda sou do tempo em que eram efectivamente os escritores que escreviam os livros.






Ai se não fossem os Santamaria...
Já agora, será que a Karina também leu o livro?

O QUE EU QUIS DIZER FOI ISSO MESMO #4


Que ainda sou do tempo em que eram efectivamente os escritores que escreviam os livros.






Quem disse que nascer no interior era limitativo? Aliás, sempre achei bastante relevante o papel dos hospitais distritais no que se refere à génese de grandes vultos da cultura portuguesa.

Esperemos que o poema tenha sido publicado numa secção da revista digna de destaque literário.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

O QUE EU QUIS DIZER FOI ISSO MESMO #3


Que ainda sou do tempo em que eram efectivamente os escritores que escreviam os livros.






As vivências da adolescência da autora podem explicar muita coisa.
E ser a sétima de sete filhos também.

O QUE EU QUIS DIZER FOI ISSO MESMO #2


Que ainda sou do tempo em que eram efectivamente os escritores que escreviam os livros.








Será que se trata de um romance ardente cujo título será qualquer coisa como "A fogueira das notas de cinco contos"?

FÉRIAS, A DEFINIÇÃO


Para uns, liberdade condicinal.

Para outros, período anual estipulado pelo Código do Trabalho, durante o qual o trabalhador está isento de apresentação e permanência obrigatória no local onde exerce as funções para as quais foi contratado.

Para mim, poder estar com os meus durante mais tempo do que o habitual fim de semana.


Foi bom mas estas já se acabaram. Venham as próximas.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O QUE EU QUIS DIZER FOI ISSO MESMO #1


Que ainda sou do tempo em que eram efectivamente os escritores que escreviam os livros.






O rapaz, nascido na Cruz de Pau, tinha todo um futuro risonho à sua frente. No entanto o que é que esta alminha se lembrou de fazer? Escrever livros! Acabou a trabalhar num supermercado com os pais. Bem feito, ninguém o mandou ser parvo!

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #17


Os escritores é que escreviam livros.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O MISTÉRIO DO VINHO


- O que significa decantar?
- Pode tratar-se de várias coisas mas normalmente o mais comum é referir-se ao vinho.
- Vinho? Mas como?
- À medida que envelhecem, alguns tipos de vinho ganham impurezas que se acumulam no fundo das garrafas. Para as retirar, é preciso pôr o vinho a repousar numa espécie de jarra grande antes de ser servido nos copos. A isto chama-se decantar.
- Então e como saem as impurezas, evaporam-se?

Passado no escritório com mesma alminha de sempre. Acho até que isto já merece uma rubrica. O que acham?

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

DE PEQUENINA SE TORCE O PEPINO




















Informação adicional: a maioria dos diminutivos femininos em espanhol termina em "illa".

terça-feira, 23 de agosto de 2011

GRAVIDEZES BREVES


Estavamos a analisar as datas de aniversário dos colegas do escritório e diz a colega do costume:

- As pessoas que fazem anos em Agosto foram feitas no Natal.
- Em princípio antes.
- Antes? Então mas não são oito meses?
- Oito? Uma gravidez normal dura nove meses.
- Eu acho que são só oito. Quando as mulheres ficam mais velhas é que demora um pouco mais e chega aos nove.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #16


Bifinhos aux champignons na ementa de um casamento era sinónimo de classe.

sábado, 20 de agosto de 2011

UMA TARDE NA TERRA DOS DOUDOS


Dirijo-me ao cabeleireiro que funciona com marcação a qual não fiz previamente. Como há vários clientes agendados, diz-me que vá beber uma mini e que passe lá daí a meia hora. Sugiro que me ligue assim que haja um intervalo entre clientes mas ele não tem saldo no telemóvel para fazer a chamada. Passo pelo multibanco e faço-lhe um carregamento de montante igual ao que me cobrará mais tarde pelo corte. Entretanto entro na lavandaria e deixo uma peça de roupa a limpar. Pergunto quanto devo e a senhora responde-me que pago quando a for levantar. Também não é preciso comprovativo nenhum porque ela "sabe bem onde eu moro". Se a loja estiver fechada, é tocar à campainha de casa que ela desce num instantinho para me entregar a peça. Ponho-me então a caminho do local habitual onde a malta bebe minis. Uma hora depois toca o telefone. Era do cabeleireiro a avisar que me apresentasse no salão dentro de cinco minutos e que não fosse de mãos a abanar.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

ESTRUMPFES OU SMURFS?





Já li opiniões de vários cronistas indignados pela alteração do nome original. Calma, não vale a pena tanto barulho. Concordo com vocês e também estou um bocadinho indignado mas reconforto-me com o facto de ter vivido no tempo em que os estrumpfes ainda se chamavam assim. Aliás, para mim é assim que se continuarão a chamar e isso basta-me.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

20 ANOS DEPOIS













Parabéns, miúdos! Agora tudo é possível...

terça-feira, 16 de agosto de 2011

PAGAS TU, EU NÃO


Como é que os defensores do sistema utilizador pagador, podem agora indignar-se caso as populações do interior estejam de acordo com a cobrança de portagens no IC19?

domingo, 14 de agosto de 2011

CONVERSAS MATINAIS #42


- Conhecem aquela marca antiga de ténis, a Sanjo?
- O que é que tem?
- Vai ser relançada com a ajuda dos Xutos e Pontapés.
- Eu conheço é uma equipa de basquete chamada Sanjoanense.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

OUVE-SE EM TODO O LADO




AINDA NÃO TENS PLANOS PARA A PRÓXIMA SEMANA?




















Toda a informação aqui.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011


Quando era adolescente, para aí com 13 anos, tinha ideia de que a capital de Portugal chamava-se Benfica.

Augusto Gemelli
(entrevista aqui)

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

E FICA MESMO



Quando na semana passada falei aqui sobre o ir para fora cá dentro, nem me lembrei que dias depois iria pôr em prática o conselho. A verdade é que o Minho começa a ser quase uma das várias segundas casas que tenho por aí e não é para menos. A riqueza cultural das suas terras (para mim é a região portuguesa que melhor preserva a etnografia), a amizade genuína das suas gentes e a beleza das suas paisagens, não tem, para mim, paralelo em Portugal.


E esta é para os verdadeiros minhotos da raça, vamos lá: quem é que conhece o Caçana? Um tasco perdido numa aldeia de montanha numa terriola chamada Montaria, a meio caminho de Vila Praia de Âncora e Ponte de Lima? Não me digam que conhecem, não me digam que aquilo é uma maravilha porque fiquei com a sensação de ter perdido os melhores rojões dos últimos tempos.


Sou só eu a achar que o Nuno Markl fala com a boca ao lado?

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

AI ESSAS BOCAS...


Aplicaram uns vinis novos em tons de vermelho nas janelas do escritório enquanto o chefe esteve fora dois dias.
Ao ver aquilo, a primeira reacção dele:

- Mas o que é isto?? Parece que estamos num puticlub!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

BRANDOS COSTUMES


O centro de Madrid continua em convulsão. Depois da ordem para desalojar todo o tipo de protestos da praça do Sol, a mesma foi fechada. Não obstante, a onda de protestos continua, criando tensões e revolucionando a circulação no centro da cidade. A própria estação de metro e comboio do Sol está encerrada há dois dias.

Passei ontem pela zona afectada e vi um casal de turistas portugueses com um bebé a apreciarem as cenas:

- Môr, vamos embora.
- Espera, deixa ver isto.
- Mas isto não nos interessa e até pode ser perigoso.
- Então vai andando para o hotel que eu já lá vou ter.

Pensei que estava a ouvir mal mas não, os tugas gostam mesmo de confusão e sendo Portugal um país de brandos costumes, nada como levar das férias umas histórias de heróis para contar aos amigos.

FÉRIAS CÁ DENTRO


Há quem não tenha (mesmo) possibilidade de fazer qualquer coisa parecida com férias. Para esses, infelizmente não tenho receita. Resta-me a solidariedade e compreensão. Para o ano será melhor, pensamento positivo.

Para quem pode fazer férias mas o orçamento não chega para a semana de mil euros no resort, invistam em vocês. Não me refiro à compra de objectos pessoais mas antes ao investimento em conhecimento e valências. A cultura geral também se adquire viajando para o estrangeiro, mas a mesma será tão mais útil quanto mais familiar seja às pessoas que nos rodeiam. Não podem sair? Substituam as férias fora por passeios locais, interessem-se pela História da área onde residem visitando sítios por onde passam todos os dias mas onde nunca entram, descubram outros novos. Dormindo em casa sobrará dinheiro para um ou dois jantares em restaurantes especiais do vosso agrado. É sempre uma experiência interessante e um mimo que nem sempre nos podemos permitir. E por que não uma estadia (nem que seja de apenas uma noite) naquele hotel com que sempre sonharam? Moram no interior? De certeza que há praias fluviais onde se chega sem pagar portagem nem esperar em filas. Haverá de certeza petiscos típicos e o mesmo sol que brilha nas praias de mar.

E também há os tradicionais cursos de verão de idiomas, de fotografia, escrita criativa, cozinha, vinhos, sei lá! Mexam-se, não derretam na areia ou dentro do carro a reclamar contra as portagens e o trânsito infernal.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

PECAR EM MADRID


O ramadão começou na passada segunda-feira dia 1 de Agosto.
As festas do bairro onde vivo estão a decorrer a grande ritmo.
Mora cá muita gente que professa o islamismo.
Tenho para mim que de momento este é o lugar mais pecaminoso de Madrid.

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #15


Meio Portugal andou à procura da Elsa no Sudoeste.

O REGRESSO A CASA




Obrigado à Bluebluesky.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

O DIA NÃO PODIA TERMINAR SEM PUBLICAR A MÚSICA DESTE MÊS





Acho que ninguém acreditou na história do puto e das velhas.
É nestas alturas que dava tudo para ter um filme com as provas.

NÃO ESTAR NA MODA É


Não saber (como eu) que para além de livros e música, a Amazon também vende sapatos, malas e outras tarequices.

RAISPARTA AS VELHAS!


Sexta feira ao final da tarde estava eu num dos tascos em frente à estação de comboios de Campanhã, fazendo tempo que chegasse o comboio e matando a fome, quando entrou um jovem de vinte e poucos anos. Pediu um café ao balcão enquanto deixava cair disfarçadamente um saquinho com umas ervas lá dentro. Eu, que estava a distância suficiente para identificar o conteúdo da embalagem, depressa percebi o que se estava a passar. Não disse nada. Depois de beber o café, o rapaz dirigiu-se para a saída sendo imediatamente interpelado por umas velhotas sentadas a uma mesa:

- Uólhe! Uó menino! Bocê deixou cair uma saquinha.

Mas o rapaz, nada. Seguiu a sua marcha determinado em sair dali.

- Se calhar o rapaz num oubiu. Uó menino, uólhe que bocê deixu ali cair uma saquinha, num biu?

Imperturbável e já prestes a sair à rua, é surpreendido por uma das velhotas que entretanto se tinha levantado e recolhido, solicita, a tal saquinha.

- Enton mas bocê num oubia que o estabamos a chamáre, menino? Bocê deixou cair esta saquinha ali no balcoun.

Sem outra opção, o rapaz estendeu a mão rapidamente e agradeceu em tom baixo. Lá fora a polícia aguardava-o. Abordaram-no e suponho que tenham ido ter uma conversa com ele para a esquadra.

Digo suponho porque não pude confirmar esta teoria, uma vez que permaneci no "local do crime" a terminar o meu fino e o pastel de bifana, especialidade da casa.

domingo, 31 de julho de 2011

PORQUE TUDO TEM UM FIM


Se por um lado é uma perda, ainda bem que na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.

CONVERSAS MATINAIS #41


- Isto é que é um casamento internacional, até da Suíça vieram! E dois da Madeira.
- Toca aí ao claxon, vá! C-D-U! C-D-U! Isto é que é campanha eleitoral!

(...)

- O que é isto?
- Salmão.
- Isso tem muito doce, mas acho que foi o que o médico me receitou desde que me traíste, môr. Não tem é bifidus activos. Estou tramado.

(...)

- Atão, já viste a mãe da D.?
- O que é que tem?
- Já afiançou mais um! Com este já é o terceiro.
- Mas ela não estava com um antigo capitão aposentado?
- Estava, mas desde que o Passos Coelho lhe tirou a reforma ela pô-lo a andar.

sexta-feira, 29 de julho de 2011

DIZEM ELES, OS DOUDOS #7


Se ela quisesse a mim já me apetecia.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

UMAS COISAS COMPENSAM OUTRAS


Como já aqui disse várias vezes, Espanha está francamente atrasada no que se refere a tecnologia quando comparada com Portugal. Em compensação, tem gente que trata do que as máquinas não tratam e nos resolve efectivamente os problemas.

Hoje à tarde saí de casa pelas 20h30 para ir ver o Benfica ao tasco habitual. No percurso de metro perdi a vinheta do passe de trasnportes, apenas me apercebendo disso na volta. Aqui usa-se um bilhete-vinheta que tem que ser validado nos torniquetes sempre que se inicia uma viagem. Sem qualquer esperança e apenas por descargo de consciência, decidi perguntar aos funcionários da estação (que estão sempre lá em todas as estações e desde a abertura até o fecho do serviço) se por acaso teriam encontrado a dita cuja. Após as perguntas de despiste de malfeitores, chamemos-lhes assim, mandaram-me aguardar enquanto se dirigiam à dispensa dos fundos. Após uma chamada à central para verificação de que o meu passe era genuíno e o preenchimento de um pequeno formulário para registo da ocorrência, foi com prazer que a funcionária me entregou a vinheta:

- Jibóia, que sorte! Mas ainda bem que perguntaste.
- Quase nem acredito que recuperei isto, mesmo faltando apenas dois ou três dias para fim do mês.
- Sabes, temos muito orgulho em que as coisas no metro de Madrid funcionem de verdade e ficamos muito contentes sempre que resolvemos um problema.

Não quero com isto fazer comparações e ainda que seja pela surpresa ou pela emoção do episódio, apetece-me dizer que é por estas e por outras que se vive bem e com gosto nesta cidade.

PS - Benfica, assim gosto mais. Vamos em frente!

HUMOR UM BOCADINHO ESCURO A ATIRAR PARA O NEGRO


O que dizem as pernas de um coxo uma para a outra enquanto este caminha?
Deixa que eu chuto, deixa que eu chuto.

LISBOA ESTÁ NA MODA


Lisboa é hoje frequentada por gente que se quer alternativa. Todos querem ser diferentes mas ao mesmo tempo querem estar dentro da moda que os próprios vão moldando e divulgando. Aliás, a própria cidade constitui-se como um destino alternativo às tradicionais capitais europeias. Cada vez que lá volto apercebo-me de uma oferta apreciável de novos locais, novas tendências, novas aparências, mas conservando o espírito do burgo: a antiguidade. O culto ao antigo, velho até, atingiu um nível nunca antes visto nos últimos anos. É chique morar numa casa velha recuperada, como o é ir a uma associação num bairro histórico onde as aulas de tango se intercalam com as mornas e ora se bebe vinho a copo, ora se bebe uma mini. Por outro lado continuam a abrir novos hotéis ao estilo mais vanguardista nos becos mais inesperados e há cada vez mais exposições mundiais com paragem obrigatória na capital.

Esta mescla é, em minha opiniao, umas das imagens mais fortes que Lisboa alguma vez teve a nível turístico.
Quem lá vive talvez não se aperceba mas Lisboa está cada vez mais na moda.

terça-feira, 26 de julho de 2011


Sorte de quem vive em Lisboa e tem sítios como este para desfrutar.
Levaram-me lá pela primeira vez no fim de semana passado e adorei.


segunda-feira, 25 de julho de 2011

LAMENTO INFORMAR


Nos próximos dias não haverá hipótese de publicar descrições de episódios com a tal colega de trabalho, pois a mesma encontra-se de férias. Pelo facto a que sou alheio peço no entanto as minhas desculpas. Obrigado pela vossa atenção.

A Administração do blog

sexta-feira, 22 de julho de 2011

AINDA SOU DO TEMPO EM QUE #14


O macaco Gervásio ensinava as pessoas a fazerem reciclagem do lixo.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

QUERES SER ACCIONISTA DO MEU CASAMENTO?


Porque este ano ainda não falei de casamentos e o primeiro deste verão está quase aí, venho dar-vos conta da nova moda. Quer dizer, isto se calhar já não é novidade mas como festas de noivos não são de todo a minha especialidade, registo aqui a minha estupefação pelo facto.

Então não é que a acompanhar um dos convites que recebi vinha um pequeno cartão onde constava única e exclusivamente um NIB??

DEDICAÇÃO DOSEADA


Quando habituamos os outros a receberem mais do que aquilo que esperam de nós, um ligeiro baixar da guarda é sempre mal visto. A habituação à nossa proactividade e ao facto de fazermos mais do que aquilo que nos compete, rapidamente se transforma num direito adquirido. Voltar atrás é muito complicado ou mesmo impossível e normalmente dá origem a grandes tensões ou cobranças. Isto tanto se aplica a nível pessoal como profissional.

Por isso pergunto, será que esta gente mal habituada merece mesmo tanta dedicação?

quarta-feira, 20 de julho de 2011

terça-feira, 19 de julho de 2011

AS SUPER VACAS


São aquelas que dão leite 12 meses por ano.
A sua existência é proporcional à dos Super Homens.

ESSA AGORA!


Mas quem é que achava que o título deste blog tinha a ver com qualquer símbolo fálico?

segunda-feira, 18 de julho de 2011

VACAS POUCO COMPETENTES


Conversa ao almoço com a colega do costume. Diz ela:

- Já provaram leche fresca (leite do dia)?
- Sim. Aliás, eu é desse que compro sempre.
- Mas chamam-lhe leite do dia porque as vacas são ordenhadas de manhã e o leite é engarrafado no próprio dia?
- Claro que não, é um leite com validade reduzida porque não é pasteurizado a altas temperaturas.
- Ah! Bueno! Mas tem que de ser bebido até ao final do dia em que se compra?

CONVERSAS MATINAIS #40


- Neste momento tenho uma vida feliz.
- Acho isso normal. Mas há alguma razão em especial?
- Então, podia morar na Picheleira e ter um pé boto. Mas estou em Madrid, embora com um dedo do pé partido.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

RENOVAÇÃO DA TRADIÇÃO


Quem for demasiado sensível não leia este post, fica o aviso.

A tradição de comer as doze passas na passagem de ano veio de Espanha, sabiam? Tal deve-se ao facto de no início do século XX ter havido um ano de produção de uvas excedentária em Alicante. Para as escoar, um grupo de agricultores arranjou maneira de convencer a malta que comendo 12 uvas à meia-noite do dia 31 de Dezembro isso lhes traria sorte.

Como este ano a e.coli deu cabo disto tudo, preparem-se portanto para os 12 pepinos.
Os produtores espanhóis estão apenas a estudar que opção recomendar, via oral ou rectal.