domingo, 13 de novembro de 2011

A ESMOLA INTELIGENTE


Vi hoje no aeroporto de Madrid um rapazito a pedir dinheiro. Ao vir ter comigo disse-lhe que nada tinha. Mais tarde, numa segunda tentativa e ao perceber que aplicava uma das técnicas mais inteligentes que vi nos últimos tempos, dei-lhe uma moeda.

Então era assim: o moço dirigia-se aos balcões de check-in para destinos fora da zona euro e perguntava aos passageiros se iriam precisar das moedas. Como alguns estavam precisamente a regressar aos seus países de origem, realmente apenas lhes iriam servir como uma pequena recordação.

Resultado, com este discurso inteligente e convincente, já tinha feito uma boa maquia com os passageiros de Tunis, Edimburgo e Zurique.

2 comentários:

  1. Hoje em dia, até para pedir esmola, é preciso ser criativo. Merece o prémio pelo esforço!

    ResponderEliminar

Falem com o Jibóia, falem...