sexta-feira, 16 de março de 2012

VOTO NULO


Ontem ao almoço discutia-se a situação actual de Espanha quando a mini brain resolveu mostrar a sua faceta de politóloga:

- As coisas estão muito complicadas, sairam uns e entraram outros iguais!
- Mas qualquer que fosse o governo não iria ser fácil.
- Olha, eu é que não tenho a culpa porque votei nulo!
- Foi? E o que fizeste?
- Bem, para dizer a verdade nunca tinha votado nulo e nem sabia como se fazia, mas perguntei ao meu pai.
- E quê?
- Então, peguei no boletim e escrevi: os políticos são todos um bando de ladrões e incompetentes! Mas não assinei. É que há muitas pessoas com o meu nome e nunca se sabe.

9 comentários:

  1. Essa miúda é um colosso. Mini-brain é eufemismo.

    ResponderEliminar
  2. ahahahah! essa mulher é demais!

    ResponderEliminar
  3. :) Eu com alguém assim ao pé de mim diariamente, era capaz de sorrir mais.

    ResponderEliminar
  4. Portanto, para ela o voto é como o raciocínio - não serve para nada a não ser nulidades...

    ResponderEliminar

Falem com o Jibóia, falem...